Amor Incondicional

Extraído do blog Novas Ideias

Estava esses dias pensando no significado de uma palavra até bastante conhecida: incondicional, que significa "que não exige condições". Aplicando isso ao amor, percebo que algumas pessoas que me rodeiam tem esse tipo de amor: um amor que não exige condições, que me ama do jeito que sou. Percebo esse amor em minha mãe, que indepedente do que eu seja, onde esteja ou o que faça, nunca vai mudar o que sente por mim. Mas, pos incrível que pareça, demorei a percber esse amor em Deus, e logo Deus que vivem dizendo que "é amor".

Sempre ouvi que Deus nos ama, mas com restrições: "cuidado, não desobedeça!", "Deus é amor mas é justiça também", "Deus ama quem o ama", "Deus te ama mas você tem de fazer sua parte". Nunca havia parado pra pensar que Deus me ama mesmo que eu seja o mais terrível dos homens; esteja eu na igreja orando, no trabalho, ou errando, o amor de Deus vai ser o mesmo comigo. Não há nada que diminua o amor de Deus por nós, nem que faça nos amar menos. E, como um pai amoroso, nos adverte quando estamos errados, sem o "peso da mão de Deus" como alguns falam.

É libertador poder compreender uma coisa dessas. Eu que já passei cada aflição por achar que Deus havia virado o rosto para mim por ter feito algo errado, percebo que nesses momentos ele continuava me amando, e talvez até rindo de mim por minha ingenuidade...

Saber que Deus me ama independente do que eu seja não me da o direito de fazer o que quiser, mas a responsabilidade de fazer jus a esse amor, esse amor incondicional.

0 comentários: