Você peitaria Sheila Hershey?

Atire a primeira pedra a mulher que nunca desejou aumentar a medida do sutiã. Pelo menos um pouquinho, vá! E isso é normal, mulher nunca está completamente satisfeita com  o corpo, e isso é fato comprovado pela ciência, não precisa se culpar (homem também não está satisfeito com o corpo, viu meninas?)
Algumas ouvem a voz interior que lhes pede uns ml a mais e colocam um pouquinho de silicone. Até aí,  nada de mais. Se ela to ou todos os cuidados, se sentiu bem com o resultado, não fez nenhum exagero, está feliz, OK.

O problema é quando a busca pela beleza (leia-se seios grandes) vira uma loucura. Foi o que aconteceu com uma sujeita chamada Sheyla Hershey. Na busca desenfreada por seios grandes, e pra tentar quebrar um recorde - deve ser estranho ser conhecida como "a mulher mais peituda do mundo" - a moça de 30 anos fez nada menos que 30 cirurgias diferentes e tem um total de 11 litros de silicone nos seios - 5,5 litros em cada um, pra ser mais exato, o que já custou mais de R$ 106 mil.

Só que a última cirurgia da moça não deu o resultado que ela esperava. Ao contrário de sair mais peituda do que entrou, Sheyla contraiu no hospital uma bacteria hospitalar (estafilococos) e está em estado grave, correndo risco de vida, além de poder perder

0 comentários: